Quanto um funcionário custa para uma empresa?

No processo de estruturação financeira de uma empresa, existem uma série de variáveis que precisam ser analisadas para o melhor funcionamento da operação. As finanças de uma empresa são informações que precisam ser cuidadas com cautela, afinal, sua organização afeta diretamente o sucesso de um empreendimento.

Diante disso, um dos importantes fatores a se considerar é observar os gastos relacionados à equipe. E, entre esses gastos, o valor fixo de cada funcionário.

Como começar?

No ato de contratação de um novo colaborador, é importante analisar os gastos que envolvem as regras definidas pela Consolidação das Leis do Trabalho, a famosa CLT.

Assim, o colaborador tem direito a:

  • Férias;
  • 13° salário;
  • Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Além disso, o vale-transporte é uma obrigação coletiva e não pode ser incluído no salário, mas sim pago à parte. Vale ressaltar que a substituição do vale-transporte pelo auxílio combustível é possível a partir de um acordo formalizado entre empresa e colaborador.

Benefícios como vale-refeição, vale-alimentação,  plano de saúde, plano odontológico, auxílio-creche e outros, são opcionais.

Essas regras valem para as empresas registradas na Simples Nacional, ou seja, aquelas com receita bruta anual de até R$ 4,8 milhões.

Certo, mas como fazer esse cálculo?

Imagine que o funcionário receba um salário-base de R$ 1.000,00. Deve-se somar a ele:

  • 8% de FGTS por mês – R$ 80,00;
  • 8% de FGTS do valor anual – R$ 186,67;
  • 13° salário – R$ 1.000,00 (valor anual);
  • Férias – R$ 1.000,00 (valor anual);
  • 1/3 sobre férias – R$ 333,33 (valor anual);
  • Provisão Mensal – R$ 210,00

Somado a isso, inclui-se o valor do vale-transporte e vale-alimentação mensal. 

O primeiro deve ser calculado com a quantidade de ônibus que o funcionário utiliza por dia para ir e voltar do trabalho e multiplicar pela média de dias úteis por mês, para esse benefício, o colaborador contribui com 6% do seu salário. Enquanto isso, o segundo deve ser determinado por convenção coletiva e o preço médio para se almoçar na cidade.

Nesse caso, vamos supor que seja, respectivamente, R$ 132,00 e R$ 220,00.

O total é de R$ 1.642,00. Subtraindo 8% de INSS que ele deve pagar e os 6% referentes ao vale-transporte, a conta fecha em R$ 1.502,00.

Supondo ainda que a empresa custeie os uniformes dos funcionários, é possível acrescentar cerca de R$ 80 para cada trabalhador.

E é importante contabilizar, também, outras estimativas, como afastamento por licença-maternidade ou licença-paternidade, que correspondem a 1% ou a ausência por doença ou acidente de trabalho, que também soma 1% no custo. Acrescenta-se 3,5% de encargos em cima dessas cobranças.

Ao final, o colaborador custará cerca de R$ 1670,00. Além dos gastos com energia, internet e eletricidade no local de trabalho e/ou auxílio home office.

Deu pra notar que tudo precisa ser bem calculado, né?

Por isso, a instituição deve estar preparada para lidar com os gastos e sempre considerar o surgimento de imprevistos para contar com esses custos antecipadamente.

Para tal, é preciso entender toda a operação financeira do seu negócio e adequar a realidade com suas perspectivas para o futuro.

Aqui na FCAP JR., o nosso serviço de estruturação financeira pode ser a solução. Com o método desenvolvido por nós, o PMSO, te ajudamos a entender as etapas do seu processo financeiro e descobrir qual área exige mais da sua receita.Entre Pessoas, Materiais, Serviços e Outros é importante organizar o fluxo de caixa interno e externo para desenvolver o formato ideal e dentro das expectativas do seu negócio.

Ainda ficou com dúvidas?

Nosso serviço de gestão financeira pode te ajudar: segmentamos as dores relacionadas ao financeiro das empresas. Estruturação Financeira, Análise Financeira e Redução de Gastos são algumas das soluções presentes nesta fase e que permitem a otimização do fluxo financeiro das organizações.

Nossos consultores estão preparados para te atender.

Entra em contato com a gente!



Deixe um comentário!