Por dentro do Mapeamento de Cultura Organizacional

Você já parou para se perguntar os fatores que fazem as grandes empresas como Netflix, Google e Ambev se destacarem no mercado? 

Além da entrega de um produto ou serviço de qualidade, as três empresas possuem uma cultura organizacional bem definida!

Mas, calma, o que é a cultura organizacional de uma empresa?

A cultura organizacional de uma empresa pode ser conceituada como o conjunto de direcionamentos que norteiam o desenvolvimento desta empresa e dos seus colaboradores. 

Em outras palavras, funciona como um “guia” que molda as práticas, os hábitos, os comportamentos, os princípios e as políticas da instituição. Também é sobre como ela se posiciona e se diferencia no mercado, buscando criar uma maior identificação e um maior engajamento entre os funcionários e o propósito da marca.

Como diferentes empresas buscam diferentes estratégias a depender das suas necessidades, separamos aqui os principais tipos de cultura organizacional, segundo Charles Handy.

  1. Cultura do poder: 

O foco das empresas que atuam com este tipo de direcionamento é a liderança centralizada em uma pessoa específica, que pode ser o gerente ou o próprio gestor. Além disso, é comum haver uma competição entre os colaboradores e a pouca preocupação com o coletivo, uma vez que o foco da empresa é o resultado por si só. É importante saber ponderar.

  1. Cultura de papéis:

Neste tipo de cultura, o foco é o desempenho e a performance dos colaboradores.  É geralmente utilizada por grandes empresas que fazem uso de processos já bem estruturados. Neste caso, os processos internos devem ser seguidos à risca e não há muita margem para novas ideias. 

  1. Cultura de Tarefas:

Este tipo de cultura preza pela criatividade para execução de atividades e solução de problemas. Muito voltada para a liberdade, para a motivação no trabalho e para a satisfação dos colaboradores, a cultura de tarefas procura colaboradores preparados para lidar com diferentes tipos de situações, sempre agregando conhecimento à organização. 

  1. Cultura de pessoas:

Neste tipo de cultura, o foco são os próprios colaboradores. As empresas valorizam uma maior integração entre as equipes, além da retenção de talentos, a possibilidade de crescimento interno e  a formação de novos líderes para darem continuidade à empresa. Há, portanto, uma grande valorização dos profissionais a partir das suas peculiaridades, pois analisam os resultados como fruto deste trabalho conjunto. 

Então, como criar uma cultura organizacional na minha empresa?

  1. Defina a missão, os valores e a visão da sua empresa: estes aspectos te ajudarão a fazer o seu posicionamento estratégico no mercado, te diferenciando dos seus concorrentes. Além disso, estes pilares são importantes para que os seus colaboradores estejam alinhados com o propósito e os princípios da sua marca, evitando comportamentos incompatíveis. 
  1. Analise seus objetivos: é extremamente importante que você fique atento aos objetivos da sua empresa, sejam eles os de curto, médio ou longo prazo. Ao saber aonde e como você quer chegar, fica mais fácil traçar o percurso e as metas até lá.
  1. Promova treinamentos: uma das melhores maneiras de mapear a cultura organizacional da sua empresa é através de treinamentos para a sua equipe. Eles promovem a integração entre os seus funcionários e têm um impacto positivo no que diz respeito ao alinhamento dos mesmos com os valores estabelecidos pela sua marca. 
  1. Realize pesquisas internas e foque na sua comunicação interna: avaliações de desempenho te ajudarão a analisar os pontos fortes da sua equipe, além das possíveis lacunas existentes. Você também poderá verificar o engajamento dos seus funcionários, bem como a motivação dos mesmos. É importante que haja uma uma comunicação transparente entre todos os envolvidos. 
  1. Seja o exemplo: um líder é aquele que guia e instrui o seu pessoal, além de os incentivar a crescer. Promova a interação entre os seus funcionários, busque incentivar a participação dos mesmos em eventos sociais da empresa e enxergue-os a partir das suas individualidades. Além disso, procure promover feedbacks contínuos, esteja disposto a ouvir e fique sempre aberto a sugestões.

Seguir estes passos pode ajudar a sua empresa a se destacar no mercado, a partir do alinhamento de valores entre a própria marca e os seus colaboradores, e da delimitação do seu propósito. Além disso, possibilita a criação de um ambiente de competição saudável que abarca não somente as necessidades da empresa mas também as necessidades e objetivos pessoais dos funcionários.

Quer fazer o mapeamento organizacional da sua empresa? A gente te ajuda!

Nossos consultores podem te ajudar a estabelecer com mais clareza os pilares essenciais para o sucesso da cultura organizacional da sua marca!

Ficou com alguma dúvida? Entra em contato com a gente!



Deixe um comentário!