Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
planejamento finaceniro empresarial

O Guia do Planejamento Financeiro Empresarial

Sempre que se fala em abrir um negócio próprio, um dos principais pensamentos para a obtenção do sucesso é como fazer um planejamento financeiro empresarial.

Afinal, nenhuma empresa existe sem dinheiro no caixa não é mesmo?

Por isso, nesse artigo, iremos ajudar você a entender o que é preciso para ter um planejamento ideal das finanças da sua empresa.

1. Entenda como sua empresa está atualmente

Você precisa saber que um planejamento financeiro é parte de um plano de negócios.

Ele irá apontar os caminhos a serem percorridos para que sua empresa se torne rentável e consiga seguir um plano de metas com prazos de curta, média e longa duração.

Por isso, será necessário fazer uso de uma metodologia específica ou uma combinação com as metodologias existentes.

Uma das mais conhecidas é a análise SWOT, que tem por função definir os pontos fortes e fracos da empresa diante da concorrência.

Pois, depois de ter definido os principais pontos de importância do seu negócio, você conseguirá elaborar metas e objetivos pensando na realidade da empresa, não partindo do zero.

2. Crie metas e organize as ações

Para se ter sucesso no planejamento financeiro da sua empresa, é necessário ter resultados positivos no seu caixa.

Por isso, uma dica valiosa para começar é separando as despesas pessoais das empresariais.

Você poderá fazer isso manualmente ou com a aquisição de um sistema de gestão online, por exemplo.

Também, faça uso constante do controle de fluxo de caixa, conciliações bancárias, pagamentos de contas, verificação dos recebíveis e claro, acompanhe e gere relatórios.

super planilha de fluxo de caixaPowered by Rock Convert

Quanto mais detalhes tiver seu planejamento, mais você estará preparado para agir diante dos cenários que se apresentarão.

Um exemplo de metas que você pode adotar para sua organização pode ser da seguinte maneira:

  • Aumentar o faturamento em 50%;
  • Aumentar o número de clientes em 70%;
  • Reduzir os custos em 45%;
  • Abrir uma nova unidade da empresa;
  • Lançar um novo produto ou serviço até o final do ano.

3. Ponha em prática a sua estratégia

Tudo começa a partir de treinamentos e qualificação. Pois, é importante que você passe para sua equipe que depende de cada um deles para que o negócio cresça e se torne rentável.

Daí a importância de você saber que não deve fazer tudo sozinho, e envolver seu pessoal é a melhor maneira para minimizar falhas eventuais.

4. Avaliação e qualificação

É importante ficar atento a análise assim que os primeiros resultados do seu planejamento surjam, faça uma comparação do que foi previsto para o que foi realizado.

Olhe para tudo que foi pensado em seu planejamento. Observe se os resultados foram de fato os esperados. Há algo que deve ser continuado? Tem alguma coisa que precisa ser refeita ou revista?

Atenção a cada momento e fase é de suma importância para que você siga com sucesso.

5. Aplique modificações se necessário

Alguns ajustes ao longo do seu planejamento podem ser de forma preventiva, para que não ocorra erro que comprometa a execução do seu plano.

Além disso, promova mudanças para que no caso de falhas, isso não comprometa o trabalho.

O exercício contínuo do PDCA irá permitir que a cada nova etapa desenvolvida, você cometa menos erros e fique cada vez mais próximo das metas que você traçou.

Um bom planejamento financeiro facilitará a projeção das suas receitas e despesas, o que indicará como está a situação econômica da sua organização, apontando quais caminhos seguir e que determinadas ações precisam ser tomadas.

Para que você tenha sucesso na realização do seu planejamento financeiro, iremos dispor de algumas dicas importantíssimas para que tudo corra da melhor forma possível para seus negócios. Vamos a elas?

7 dicas importantes para um planejamento financeiro de sucesso

1. Saiba reconhecer a situação

O primeiro passo é conhecer de fato a realidade do cenário empresarial que você está inserido.

Veja as condições atuais, avalie os pontos positivos e negativos, veja se o tipo de produto ou serviço é o ideal, olhe se a maneira de se comunicar com o público está coerente. 

É ideal que você faça uso de uma planilha financeira, dessa forma você conseguirá fazer um mapeamento dos passivos e ativos e assim poder tomar as devidas decisões de forma assertiva.

2. Projete possíveis cenários

Um bom planejamento deixará sua empresa preparada para qualquer tipo de acontecimento.

Para isso se faz necessário projetar todos os possíveis cenários existentes.

Pois, toda vez que você faz uma análise minuciosa das situações, terá dados valiosíssimos que trarão segurança na hora de tomar decisões.

Entretanto, é necessário fazer um levantamento de todas as despesas fixas e variáveis para que você projete o ciclo empresarial em todos os cenários possíveis.

3 . Trace um plano de ação

Com as informações que você levantou, é hora de colocar no papel tudo que precisa ser feito:

  • defina objetivos;
  • faça um mapa das ações que deseja alcançar;
  • crie um cronograma executável;
  • divida as tarefas com sua equipe;
  • mensure os resultados;
  • documente tudo para ser avaliado no futuro.

Dessa forma você terá um registro das ações que devem ser feitas para enfrentar cada etapa e eventuais mudanças que ocorram.

4. Calcule o preço do seu produto ou serviço

Para determinar o valor do produto ou serviço que será disponibilizado é necessário fazer uma análise do custo de produção.

A expectativa que você tem do lucro, ter definido pró-labore de sócios e administradores, bem como saber o valor de todas as demais despesas.  

Se ainda assim o preço que está sendo praticado for um problema, o ideal é você rever todos os processos e buscar uma maneira de reduzir os custos, ou aumentar o preço.

5. Contrate um consultor

Na hora de fazer o planejamento financeiro, é bom avaliar a necessidade de contratar um consultor.

Pois, é uma tarefa que exige máxima dedicação e reflexão sobre assuntos que tem a ver diretamente com fluxo de caixa, criação de capital de giro, contas a pagar e receber e outras situações. 

E a rotina de um empresário não é nada fácil. Se olharmos que ele terá que está sempre pensando em tudo para fazer com que a empresa obtenha sucesso.

Portanto, a contratação de um consultor poderá ajudar e muito na hora de traçar planos certeiros e possibilitar novidades.

6. Faça uso das tecnologias

Para manter as coisas em plena ordem, é ideal que você adquira um software online que poderá facilitar no controle das finanças e em demais atividades de gestão, sem falar que você poderá acessar de qualquer lugar do mundo.

Dessa forma você poderá ter total controle do fluxo de trabalho, ter mais facilidade no acesso às informações da sua empresa e assim ter mais tempo para planejar outras atividades do seu negócio.

7. Registre o controle de tudo

Lembre sempre de deixar todos os dados registrados, o setor financeiro de uma empresa requer um controle total.

Assim você poderá tomar decisões com plena segurança e se houver algum problema poderá resolver com mais assertividade.

Conclusão

O planejamento financeiro empresarial é uma das partes mais importantes de qualquer negócio. Afinal, se você não sabe como gastar o seu dinheiro, como irá controlar?

Porém, agora que você sabe como funciona um planejamento financeiro, ponha seu conhecimento em prática e tenha sucesso no seu negócio.

COMPARTILHE ESSE POST

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Se inscreva na nossa newsletter

Fique por dentro dos melhores e mais atualizados conteúdos sobre gestão e leve sua empresa para um novo patamar. É simples, digite seu nome e e-mail abaixo: