marketing de guerrilha

Saiba como funciona o Marketing de Guerrilha e como usar para chamar a atenção dos seus consumidores

Com um número de concorrentes cada vez maior, as empresas precisam se desdobrar e reinventar para chamar a atenção do público.

Isso ocorre devido ao bombardeio de informações que os clientes recebem, os tornando mais seletivos.

Uma boa solução que as organizações estão encontrando é a de buscar maneiras inovadoras e que se sobressaiam a enxurrada de propagandas vindas de todos os lados.

Nesse contexto, o Marketing de Guerrilha surge como uma opção altamente funcional.

Mas você ainda não sabe o que é essa estratégia e quer entender como aplicar ela?

Preparamos um conteúdo completo para te ensinar mais sobre o marketing de guerrilha e como ele pode ser usado com maestria.

Vamos lá?

O que é o Marketing de Guerrilha?

O Marketing de Guerrilha se trata do uso de estratégias criativas e não convencionais que chamem atenção para um determinado tipo de produto ou serviço de forma mais clara e “agressiva”, mas com baixos custos.

Seu surgimento é bem curioso!

O termo marketing de guerrilha foi inicialmente utilizado pelo publicitário americano Jay Conrad Levinson no final dos anos 70 devido a Guerra do Vietnã.

Onde os vietnamitas conseguiram superar seus adversários devido a táticas impressionantes de guerrilha, mesmo com um menor poder de fogo que seus inimigos.

Ele possui uma abordagem marcante e disruptiva, que pode impactar os clientes e se tornar memorável, fazendo com que as pessoas associem a ideia a marca.

Além disso, a estratégia de guerrilha necessita de um excelente conhecimento por parte da empresa em relação ao perfil da sua persona para que as ações desenvolvidas sejam realmente capazes de atingi-las e causar reações positivas.

7

6 dicas para utilizar o Marketing de Guerrilha com maestria

1. Conheça seu público-alvo

Para acertar na estratégia do marketing de guerrilha o passo mais básico é o de conhecer exatamente quem você deseja atingir em detalhes. 

É importante levar em consideração quem são as personas da sua empresa para que sua ação se encaixe com seus valores, desejos e necessidades.

Isso é válido tanto para aqueles clientes que já utilizam seus produtos ou serviços como aqueles que você deseja também atingir.

2. Seja inovador

Ser criativo e utilizar estratégias inovadoras é o passo chave do marketing de guerrilha.

Portanto, pense em ações que nunca foram utilizadas e que possuem grandes chances de chamar atenção, sem copiar o que já foi feito por outras empresas.

Esse ponto pode ser um pouco difícil, mas você pode utilizar ideias já utilizadas anteriormente que são cases de sucesso apenas como inspiração.

Para assim estimular sua criatividade, fluindo bem e ideias legais possam surgir, sem imitar e acabar ganhando uma fama ruim.

3. Siga o estilo da sua empresa

Seu negócio precisa de algo mais sério ou pode ser mais leve e divertido? 

O marketing de guerrilha pode atender a todas as necessidades e é importante que o estilo da sua empresa seja levado em consideração.

Pois, ele pode ser utilizado de diversas formas e deve se adaptar conforme a necessidade do seu negócio para que continue sendo autêntico.

4. Preste atenção nos canais adequados

Assim como qualquer outro tipo de publicidade existente, o marketing de guerrilha deve ser realizado nos canais mais viáveis de acordo com seu negócio para alcançar o público-alvo e atingir os resultados esperados. 

A escolha deles precisa ser estratégica e todas as possibilidades devem ser levadas em conta, seja no meio online ou offline.

5. Se dedique na execução

A fase de planejamento é de extrema importância.

Mas, cuidado para não focar muito nela e esquecer de pensar bem no momento da execução, que é fundamental para que as coisas não acabem ficando bloqueadas devido a erros nela. 

Uma boa ideia é gerir de perto todos os materiais necessários, desenvolver cronogramas e acompanhar de perto os possíveis parceiros, caso sejam necessários – você também pode montar um checklist para ajudar.

6. Monitore os resultados de perto

Após colocar em funcionamento sua tática de marketing de guerrilha suas atividades estão apenas iniciando.

Para dar continuidade ao plano é importante que todos os resultados e o engajamento do público com a estratégia sejam monitorados para checar se eles atendem as metas esperadas.

Além disso, é importante acompanhar de perto a reação do público para verificar se está sendo positiva ou negativa e, se necessário, realizar ajustes.

4 cases de sucesso do uso do Marketing de Guerrilha por empresas

Agora que você já sabe como funciona o marketing de guerrilha e como utilizá-lo para chamar atenção dos seus consumidores, separamos alguns exemplos realizados por empresas.

Veja:

1. Netflix

A Netflix, plataforma global online de filmes e séries, é praticamente especialista em utilizar o marketing de guerrilha e promover seus lançamentos.

Uma das estratégias que ficou conhecida nos últimos tempos foi chamar atenção para a estreia da nova temporada de Orange is The New Black através da pintura da fachada de um prédio em Paris, o transformando em uma prisão, cenário da série.

Nele, diversas atrizes com vestimentas de prisioneiras foram contratadas para ficar nas sacadas fazendo atividades rotineiras.

marketing de guerrilha feito pela netflix

2. Frontline

A marca Frontline, de antipulgas, utilizou o marketing de guerrilha ao colocar uma imagem gigante de um cachorro se coçando no primeiro piso de um shopping da Indonésia. 

Ao observar dos andares de cima, as pessoas que visualizavam a cena tinha a impressão de que as que estavam caminhando tranquilamente abaixo eram as pulgas do cachorro.

marketing de guerrilha da frontline

3. Mc Donalds

O McDonalds é outra empresa gigante quando se fala em marketing de guerrilha e nós trouxemos um exemplo bem simples e de baixo custo, mas impactante, utilizada por eles no meio da rua: uma faixa de pedestre no formato de batatas fritas, famosas no restaurante.

marketing de guerrilha da mcdonalds

Genial, não é? Marcante e ainda dá vontade de comer!

4. Uber vs. Lyft

Também existem casos de marketing de guerrilha onde concorrentes “se enfrentam”, e foi essa a estratégia criada pelas empresas Uber e Lyft.

Aqui no Brasil nós só conhecemos a Uber, mas lá fora a Lyft também é uma empresa de transporte concorrente e distribuiu entre seus motoristas bigodes rosas – a cor da marca – para diferenciar seus carros dos da Uber. Divertido, né?

img 5fe0f43967fea

Mas a Uber não ficou pra trás e lançou uma campanha convidando os motoristas da concorrência a trocarem de plataforma justamente fazendo referência ao bigode através de banners engraçadinhos pela cidade.

Tornando assim as duas marcas ainda mais conhecidas.

img 5fe0f439d34ee

E aí? Pronto para o Marketing de Guerrilha?

Ele pode ajudar sua marca a alcançar seu público de forma criativa e se destacar no mercado. Aproveite as dicas e insira em seu negócio!

COMPARTILHE ESSE POST

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Se inscreva na nossa newsletter

Fique por dentro dos melhores e mais atualizados conteúdos sobre gestão e leve sua empresa para um novo patamar. É simples, digite seu nome e e-mail abaixo: