Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Como funciona uma conciliação bancária

Conciliação Bancária: Saiba porque ela é importante para o seu negócio!

Toda empresa, seja ela de pequeno até grande porte, precisa contar com uma boa gestão financeira.

Afinal, é impossível traçar algum plano de crescimento sem controle do que está gerando lucros e custos constantemente.

Por isso, nesse cenário, fazer uma conciliação bancária rotineiramente é indispensável para a saúde financeira de um negócio. Principalmente para identificar todas as entradas e saídas e deixar todo fluxo de caixa organizado.

Ficou curioso para saber mais sobre o assunto? Confira os próximos tópicos que vamos explicar tudo sobre conciliação bancária e como ela pode ser decisiva para o futuro do seu negócio.

O que é uma conciliação bancária?

Parece um termo complexo, mas não é. Conciliação bancária nada mais é que a conferência dos extratos bancários  com o controle financeiro de uma empresa.

Ou seja, faz-se um comparativo entre esses dois meios para entender se todos os lançamentos estão previstos ou saíram do controle.

Seu principal objetivo é trazer organização e dados financeiros precisos. 

Esse tipo de conciliação deve fazer parte de toda gestão financeira de uma empresa, independente se essa realiza e recebe transações via crédito, débito, boletos ou cheques.

Afinal, verificar se o saldo está no “verde” é indispensável para outras atividades, como a análise do fluxo de caixa.

Além disso, a conciliação bancária também é  importantíssima para evitar que muitos empreendedores caiam no erro de negligenciar a saúde financeira do próprio negócio.

Dessa forma, esse processo evita:

  • Confusão de dados no fluxo de caixa;
  • Saldo bancário duvidoso;
  • Movimentações financeiras sem nenhum controle;
  • Fraudes;
  • Ausência de planejamento financeiro e orçamentário.

Ou seja, todos os problemas que nenhum gestor deseja encontrar no meio do caminho.

Diferença entre fluxo de caixa e conciliação bancária

Muitas pessoas confundem bastante os dois temas, mas, calma. Vamos te explicar a diferença entre eles.

Conciliação bancária, conforme já citamos acima, é um comparativo de controle interno com todos os valores lançados em extratos bancários.

Já o fluxo de caixa é o registro de exatamente tudo que uma empresa recebe e gasta. E mantê-lo organizado é fundamental para identificar o que está gerando lucros e custos.

Por exemplo: uma agência de Marketing que recebe R$30 mil por mês, mas paga também mensalmente, uma dívida de R$7 mil. Ambos os valores devem ser registrados no fluxo de caixa.

Ou seja, enquanto a conciliação bancária visa o comparativo da movimentação financeira das contas correntes para fins de controle, o fluxo de caixa projeta para períodos futuros as entradas e saídas de recursos financeiros de uma empresa.

Agora que você entendeu a diferença entre esses dois termos, chegou o momento de aprender itens necessários para  fazer uma conciliação bancária na prática. 

Confira no próximo tópico. 

O que é necessário para fazer a conciliação bancária? 

Por meio de processos internos dentro de uma empresa fica bem simples fazer a conciliação bancária.

Pois ela envolve, basicamente, quatro passos:

#01. Lançar todas as movimentações diariamente

Esse primeiro passo é indispensável para os resultados finais. Por isso, toda empresa deve controlar o que entra e o que sai do caixa, informando exatamente todos os valores, por menor que eles sejam.

Alguns exemplos de movimentações financeiras, fixas e não fixas, que devem ser acompanhadas: pagamento de colaboradores, impostos, pagamento de fornecedores, etc. 

#02. Estar sempre atento aos extratos bancários

De nada adianta acompanhar todas as transações se elas não estão bem comprovadas em extratos.

Diante disso, no controle interno é sempre importante verificar se o status interno e os extratos estão batendo.

#03. Atente-se a todos os detalhes

Não deixe de conferir os detalhes dos extratos! É sempre importante verificar datas e horários indicados neles, por exemplo.

Essa deve ser uma rotina sempre que forem feitas as verificações.

#04. Algo deu errado? Faça a correção.

Esse é um erro muito comum em uma gestão financeira. Os erros muitas vezes são identificados, porém não corrigidos.

Dessa forma, corrija todas as diferenças no momento em que as encontrá-las. Isso é imprescindível para ter um relatório completo e preciso ao final de cada mês.

Agora que você já aprendeu mais os itens fundamentais de uma conciliação bancária, chegou o momento de entender sua importância para as empresas.

Leia no próximo tópico.

Os principais benefícios da conciliação bancária

#01. Previsão mais detalhada do fluxo de caixa

Esse é um benefício que não só ajuda a identificar em qual etapa de crescimento a empresa está no momento, como também auxilia na visão do futuro.

Afinal, com o controle de saldos fica bem mais assertivo fazer previsões e até traçar metas para toda a equipe.

#02. Planejamento orçamentário bem definido

Toda empresa deve passar por análises realistas para que seus colaboradores possam identificar situações financeiras, sejam elas positivas ou negativas.

Dessa forma, a conciliação bancária é fundamental, pois, através dela também é possível verificar diretamente dados reais e até fugir de possíveis crises.

Afinal, não é tão raro ouvir histórias de empresas que chegaram à falência por falta de organização e controle financeiro.

#03. Saldo constantemente atualizado

Já imaginou ter que realizar alguma transação de urgência em uma empresa sem ao menos saber se o saldo bancário interno está positivo?

Com a conciliação bancária não existe isso de contar com a sorte. Afinal, essa ferramenta  permite analisar tudo para que não reste nenhuma dúvida, independente de qualquer atraso que possa ocorrer. 

#04. Controle de movimentações

Essa vantagem é fundamental para evitar surpresas ruins e até criar estratégias de crescimentos mais elaboradas, uma vez que com a conciliação bancária é possível identificar lançamentos e otimizar resultados.

#05. Dados integrados

Já parou para pensar que muitas vezes, dentro de uma mesma empresa, os dados são altamente segmentados por equipe?

É o que acontece muitas vezes com os dados financeiros e contábeis. Atuando também diretamente nisso, a conciliação bancária permite que nenhuma informação importante seja esquecida ou perdida.

#06. Identificação de fraudes

Parece mentira, mas uma simples planilha de conciliação bancária pode salvar muitas empresas de fraudes. 

Principalmente as do tipo internas, causadas por erro no valor de depósitos e cheques, por exemplo.

Dica Bônus: de quanto em quanto tempo devo fazer a conciliação bancária?

Alguns especialistas indicam fazer a conciliação bancária diariamente para não perder nenhum detalhe.

Outros, porém, indicam um período maior, tendo em vista que como esse processo depende de compensações bancárias, muitas vezes elas levam mais de um dia para acontecer.

Mas vale ressaltar que isso depende muito da realidade da empresa, como porte, quantidade de funcionários, etc. E, justamente por isso, não há uma regra específica. 

O necessário é sempre contar com especialistas em gestão financeira para identificar a periodicidade ideal para a sua. 

Sem regras gerais ou manuais prontos. 

Conclusão

Viu como a conciliação bancária é fundamental para o sucesso de qualquer tipo de negócio? 

São estratégias simples que muitas vezes tornam-se fatores determinantes para o sucesso ou para a falência.

Por isso, independente de qual seja o porte da sua empresa, invista em gestão financeira. Afinal, isso pode fazer toda a diferença no futuro.

Nós, da Fcap Júnior, possuímos uma solução completa em gestão financeira, que envolve desde a análise de dados atuais até planejamento estratégicos.

Não perca tempo! 

Entre em contato conosco e aumente a vantagem competitiva do seu negócio a partir de indicadores financeiros.

COMPARTILHE ESSE POST

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Se inscreva na nossa newsletter

Fique por dentro dos melhores e mais atualizados conteúdos sobre gestão e leve sua empresa para um novo patamar. É simples, digite seu nome e e-mail abaixo: