Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Ciclo PDCA

Ciclo PDCA: A resolução dos seus problemas!

O ciclo PDCA é uma das mais importantes metodologias de resolução de problemas. Por isso, preparamos esse artigo exclusivo para você, confira o que você irá aprender aqui:

Por que usar o Ciclo PDCA?

Nos dias atuais, as empresas buscam por um fator determinante para sua diferenciação no mercado como forma de obter sucesso, e tornar os processos eficazes se torna um ponto chave nessa questão.

Eficiente no mundo empresarial, o método de utilização do Ciclo PDCA é um dos mais conhecidos quando se fala de executar um planejamento estratégico nas organizações, ajudando assim a garantir que elas se tornem destaque no mercado.

Seu objetivo se baseia na elaboração e auxílio da execução da estratégia, fazendo assim com que os projetos que saem do papel sejam bem monitorados de forma a não ocorrerem problemas no caminho e garantindo um melhor desempenho das empresas.

Como surgiu o Ciclo PDCA?

O PDCA foi desenvolvido ainda na década de 20 por Walter Andrew Shewhart, físico conhecido por ser pioneiro no uso do Controle Estatístico de Qualidade, que o utilizou nas indústrias locais do Japão e iniciou sua divulgação pelo país. 

Contudo, já na década de 50 surgiu outro professor que o ajudou a popularizar o método pelo mundo, William Edwards Deming, reconhecido pela sua importância na melhoria dos processos produtivos dos Estados Unidos, trabalhos de consultoria realizados e, principalmente, como guru do gerenciamento da qualidade.

Em seus mais de 90 anos, muitos outros estudiosos aprimoraram o uso da ferramenta e a tornaram o que ela é hoje: um dos principais métodos para a compreensão de processos e resolução de problemas decorrentes nele, garantindo assim o aprimoramento contínuo da qualidade dos produtos e serviços das empresas.

O que é o Ciclo PDCA?

O ciclo PDCA é assim chamado devido aos nomes em inglês de cada uma das etapas que o compõe.

  • P do verbo Plan, planejar;
  • D do verbo Do, fazer ou executar;
  • C do verbo Check, checar, analisar ou verificar;
  • A do verbo Act, agir.

Ele se trata de uma metodologia que busca solucionar problemas que não são facilmente visualizados.

Ele é largamente utilizado em corporações que desejam melhorar a gestão de seus processos através de um controle eficiente das atividades que são executadas, padronizando informações e minimizando erros durante as importantes tomadas de decisão.

Baseado na melhoria contínua, funciona exatamente como apresentado em seu nome, um ciclo que é interativo e apresenta resultados diferentes a cada repetição. Assim, deve ser utilizado de forma cumulativa com base na identificação de falhas, tornando mais simples o processo de correção. Outro fator importante a ser levado em conta sobre o método é que ele se baseia na mensuração, importante no gerenciamento de projetos.

Mas afinal, como implantar em sua empresa?

Ciclo PDCA
Ciclo PDCA

Como apresentado anteriormente, o ciclo PDCA possui quatro etapas. São elas:

1. PLAN – PLANEJAMENTO

O primeiro passo a ser tomado é a realização de um planejamento de forma a impedir falhas futuras e se obter um ganho de tempo.

O objetivo aqui é levantar informações sobre a situação atual do processo.

Com isso, é possível elaborar uma estratégia e estabelecer os objetivos e metas futuros, tomando como base as diretrizes políticas da empresa. Uma dica é realizar o planejamento de acordo com a missão, visão e valores da empresa.

Estratégia estabelecida, é preciso escolher o caminho a ser percorrido para atingi-la e quais os métodos que serão utilizados. Deve-se definir também quem serão os líderes de cada processo.

Essa etapa pode ser dividida em quatro fases:

  • Identificação do problema: aqui, você deve se perguntar o que está causando resultados ruins em seu processo. Após encontrar, levante o histórico dele (dica: utilize o brainstorm) e proponha datas para solução;
  • Observação do problema: analise quais são as características específicas do problema sob vários pontos de vista diferentes e nos locais onde ele acontece;
  • Análise do problema: levante as possíveis causas e escolha as mais prováveis de estarem influenciando o problema, as colocando em ordem de relevância e descartando as menos prováveis;
  • Plano de ação: identificadas as causas dos problemas, chegou a hora de criar ações para resolvê-los. Utilize ferramentas de criação de planos de ação como o 5W2H, que permitem descrever como, onde, quando e por quem, por exemplo, serão realizadas as medidas de correção.

2. DO – EXECUÇÃO

Após um planejamento cuidadoso, coloque-o em prática seguindo à risca o planejamento para não comprometer todo o ciclo PDCA. Aqui, deve-se inicialmente realizar treinamentos de todos os colaboradores inseridos no projeto e depois acompanhar de perto as ações que estão sendo tomadas.

É importante salientar que a coleta de dados deve ser feita ainda nesta etapa para uma posterior avaliação. Isso permitirá que o time envolvido no processo entenda sobre a importância da participação e irá gerar aprendizados.

3. CHECK – VERIFICAÇÃO

O check é o estágio onde são identificadas possíveis brechas no projeto. Aqui, verifica-se os resultados obtidos do que foi executado de forma a confirmar se o que foi planejado já está implantado e compara-se o antes e depois do projeto para entender se a meta proposta foi atingida ou não. 

Existem duas formas que podem e devem ser utilizadas para realizar essa etapa. Uma delas é ainda durante a execução, de forma paralela, de modo a ter certeza que o trabalho está sendo bem realizado, e ao término da execução, de forma a se obter uma análise dos dados mais abrangente e completa.

4. ACT – AÇÃO

O último estágio do PDCA se caracteriza como a fase em que são aplicadas as ações corretivas para os problemas, de modo a aperfeiçoar o projeto. Pode ser entendido como o fim ou o começo, pois o PDCA não para por aqui e tudo que foi encontrado deve ser levado novamente para a fase de planejamento, de forma a garantir que o processo seja contínuo.

Aqui, o plano de ação é padronizado de forma que as falhas não se repitam e a equipe deve fazer uma avaliação sobre o antes e depois.

Conclusão

O ciclo PDCA é uma das ferramentas mais simples e eficazes para a melhoria de processos nas empresas, e você pode aplicar na sua apenas seguindo esses passos.

Precisa de ajuda? Agende um Diagnóstico

Nós da FCAP Jr. estamos sempre em busca da excelência e pensando nas necessidades específicas de cada cliente, e podemos ajudar a sua empresa! Clique no botão abaixe e agende um Diagnóstico Gratuito.

COMPARTILHE ESSE POST

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Se inscreva na nossa newsletter

Fique por dentro dos melhores e mais atualizados conteúdos sobre gestão e leve sua empresa para um novo patamar. É simples, digite seu nome e e-mail abaixo: