Categorias
Gestão empresarial

Saiba como reter talentos na sua empresa

Uma das dificuldades da gestão de recursos humanos de uma empresa é reter talentos. Construir uma boa equipe, harmoniosa, onde os colaboradores se sintam bem em participar requer um empenho a mais, porém, se bem feito, também traz resultados surpreendentes.

Nesse sentido, o cuidado em tirar o melhor de cada membro deve ser o mantra da organização. Isso não implica dizer que os funcionários devem ser tratados de maneira sempre muito rígida, com rotineiras duras cobranças, aliás, muito pelo contrário. Para extrair o melhor de algo são necessárias muita paciência e análise.

Fonte: Eugênio Mussak

Para que você saiba um pouco mais sobre como gerir talentos, nós separamos sugestões valiosas para você refletir o uso delas na sua empresa. Reter  talentos é essencial, mas não vem da noite para o dia. Confira a nossa lista:

Estabeleça planos de carreira aos funcionários

Uma maneira comum de desperdiçar talentos é não promover a eles uma perspectiva de futuro. A ambição em larga escala é um defeito, mas nós devemos entender que, sendo moderada, ela é uma característica comum dos seres humanos.

Portanto, mostrar às pessoas o caminho que elas podem trilhar dentro da empresa é uma decisão confortante, a fim de obter ganhos nos desempenhos delas.

Não havendo um futuro palpável, no sentido de que tudo parece muito distante e inacessível, a tendência é que a equipe não encontre uma razão no trabalho e a produção, consequentemente, diminua.

Para reter talentos é necessária a criação de planos de carreiras para os funcionários. Há serviços especializados justamente para promover esses planos, na medida em que são bons tanto para o aumento da produtividade na empresa, quanto à satisfação dos colaboradores.

Capacitação, metas, tempo de trabalho, remuneração e entre outros são fatores usados para a montagem de um plano de carreira. Tudo isso deve entrar na equação.

Engajar os colaboradores é indispensável

Dedicar-se a algo, fazer alguma coisa com dedicação e afinco. O significado de engajar explica o motivo dessa palavra ter passado a ser tão usada no meio empresarial.

Não é somente desempenhar uma função, muito menos fazer por fazer, uma pessoa engajada tem razões maiores para realizar algo. Despertar o engajamento é uma peça chave para o aumento da produtividade.

Por ser um conceito abstrato, para se conseguir promover o engajamento não depende de uma fórmula única, com um passo a passo descrito. Se para muitos isso pode ser um notícia ruim, faça diferente. Se não existe uma receita para engajar funcionários, então quer dizer que existem várias maneiras.

Utilize a criatividade, faça ações que despertem esse sentimento, etc. O fato é: colaboradores que se dedicam a um determinado fim com afinco estão no seu melhor estado de participação.

Crie um bom clima organizacional

Fonte: Simeon

É praticamente impossível reter talentos em um ambiente desorganizado, tumultuado e de aura pesada. Ter um bom clima organizacional é o suporte para que os colaboradores consigam produzir de acordo com o esperado, ou até superando as expectativas. Um lugar bem organizado por promover até a sensação de engajamento que destacamos no último ponto.

Por o clima organizacional não trazer resultados de forma direta, eles são menosprezados em muitas ocasiões. No entanto, ao mesmo tempo que um bom ambiente de trabalho traz benefícios em grande escala, um péssimo resulta no péssimo desempenho da empresa.

Geralmente, eles são subestimados até quando o fracasso está iminente. Sabendo disso, não deixe sua empresa entrar em declínio para tomar uma atitude e criar um bom clima organizacional.

Recompense o trabalho bem feito

Assim como organizações, como um todo, sentem-se orgulhosas com seus cases de sucesso, o bom funcionário deve receber esse mesmo prestígio. Premiações e recompensas podem ser pensadas como um modo de incentivar que ele permaneça produtivo, além de se tornar um exemplo para os outros.

A ideia do trabalhador que só tem obrigações e prazos já passou há muito tempo. Tanto é que o termo colaborador ganhou força nessas novas relações de trabalho. O tratamento para quem faz a empresa funcionar deve ser bem pensado e colocado em prática.

Caso contrário, já dá para imaginar o que se pode esperar de um trabalhador infeliz e insatisfeito.

Delegue funções importantes

Ainda nessa toada de valorizar o funcionário, na ideia de plantar hoje para colher os bons frutos no futuro, deixar claro a sua importância é uma excelente ação. Para isso, delegar funções importantes é fazer ele se sentir realmente parte da empresa, o que de fato é!

Aqueles que se mostrarem dignos de confiança podem receber uma oportunidade de cuidar de algo mais importante, em comparação com a sua função diária. Além de ser uma mensagem positiva ao membro, esse tipo de ação acaba distribuindo melhor as atividades da empresa, desafogando o trabalho de todos os outros.

É válido ressaltar: o cuidado em como essas funções serão distribuídas requer um planejamento organizado, para evitar o descontentamento de uns e os erros de outros.

Incentive regularmente a troca de informações

Fonte: 4you

Criar um canal aberto de sugestões, críticas e elogios é muito importante para obter informações sobre a empresa. Às vezes, os pontos citados anteriormente neste artigo são feitos, mas o resultado pode não ter sido o esperado justamente pelo fato de que os membros da organização não foram escutados. 

Ao mesmo tempo em que críticas não-construtivas devem ser deixadas de lado, as de interesses notáveis não podem ser coibidas. Um ambiente coeso só existe quando há espaço a ouvir o contraditório.

E, sim, os elogios também são bem vindos e podem responder se o trabalho está sendo bem feito. A comunicação deve ser estimulada em qualquer instituição.

Aproveitar da melhor maneira possível o nosso potencial é uma lição diária, que também pode ser transportada a como lidamos com a gestão dos funcionários da nossa empresa. Acreditar e alimentar as qualidades das pessoas é uma virtude produtora de bons frutos.

Usar os talentos dos colaboradores sempre beirando a perfeição não é tarefa fácil. Mas já que neste artigo você aprendeu um pouco mais sobre a importância da retenção deles, entra em contato com a nossa equipe clicando aqui, e aí nós te auxiliaremos a elevar o potencial da sua organização.

Categorias
Gestão Estratégica

Diagnóstico empresarial: Identifique os problemas de sua empresa

Como está a saúde financeira da sua empresa? E os processos, são bem definidos? As pessoas da sua equipe estão engajadas?

Quando estamos doentes, procuramos um médico para diagnosticar qual o problema que temos. O mundo empresarial também segue o mesmo raciocínio, quando algo não está indo bem na organização, é necessário realizar um diagnóstico para identificar quais pontos precisam de melhorias e quais aqueles em que podemos otimizar. 

 

Mas afinal, o que é um diagnóstico empresarial?

 

O diagnóstico empresarial é uma metodologia de avaliação de empresas que analisa detalhadamente o funcionamento da organização como um todo e das suas principais áreas de gestão.

Para as organizações, o diagnóstico possibilita ter uma visão mais clara e holística sobre os processos que envolvem a empresa, fazendo com que o gestor conheça melhor o seu negócio e consiga alcançar melhores resultados através de decisões estratégicas mais assertivas. 

O diagnóstico pode abranger várias áreas da organização, como por exemplo:

 

  • Área Financeira: Avalia a saúde financeira da organização, envolvendo o planejamento e análise do controle das atividades financeiras da empresa, com base nos principais indicadores de desempenho financeiro.
  • Área de Marketing e Vendas: Analisa o marketing da empresa como um todo, a relação com seus clientes e consumidores e avaliação do setor comercial da empresa e as vendas realizadas.
  • Área Estratégica: Avalia a estratégia da empresa, seus objetivos e metas a médio e longo prazo e auxilia a empresa na produção de um planejamento estratégico coerente com suas necessidades organizacionais. 
  • Área Operacional e de Pessoas: Analisa o engajamento dos colaboradores e o clima organizacional da empresa, além da identificação e padronização de processos, possibilitando uma equipe mais produtiva e motivada.

A partir da análise desses pontos, é possível que você consiga enxergar melhor os pontos fortes da sua organização e quais aqueles que precisam ser melhorados para que a empresa possua vantagens competitivas em um mercado cada vez mais disputado.

 

Benefícios de fazer um diagnóstico empresarial

 

Mesmo entendendo o que é um diagnóstico empresarial e como ele pode te ajudar, você ainda pode ter dúvidas do porque realizá-lo em sua empresa. Por isso, separei 6 benefícios que um diagnóstico pode trazer ao seu negócio:

 

  • Descobrir o grau de maturidade da sua organização:

 

O diagnóstico possibilita o empresário conhecer o grau de maturidade da sua empresa, através da avaliação de como os principais processos da organização são executados e os resultados gerados a partir deles. 

Esse conhecimento pode contribuir muito para o estabelecimento de estratégias e implementação de um processo de melhoria contínua na empresa. 

 

 

  • Identificar quais áreas são mais importantes para o seu negócio:

 

Cada empresa possui áreas mais importantes, ou que precisam de mais atenção e, dependendo dessa importância, deve-se criar planos de ação e estratégias baseadas no que for mais prioritário. Dessa forma, possibilita com que áreas como a de vendas, por exemplo, tenham estratégias mais assertivas gerando mais lucro para a empresa.

 

  • Fazer uma comparação do desempenho atual da empresa:

 

O diagnóstico propicia uma comparação da situação atual da empresa com desempenhos anteriores. Ao fazer essa comparação, pode-se ter clareza do que necessita de mais atenção na gestão da empresa e o que pode esperar um pouco mais.

 

  • Apresentar onde se encontra o problema e o que deve ser feito para solucioná-lo:

 

O diagnóstico empresarial permite que seja possível identificar exatamente quais são os erros que a empresa está cometendo que a impede de melhorar a sua gestão. Identificando esses erros e em que área da empresa ele está sendo cometido, é possível solucioná-lo com mais precisão e eficiência. 

Seguindo o exemplo que mencionei no início do texto, quando estamos doentes e vamos ao médico, ele identifica qual é o nossa doença e nos dá a melhor solução para melhorarmos o nosso problema. Da mesma forma acontece no mundo empresarial, quando a sua empresa apresenta problemas, é preciso realizar um diagnóstico para entender esses pontos a melhorar e dessa forma identificar a melhor solução para que o seu negócio volte a funcionar de forma saudável.

 

  • Identificar pontos fortes e pontos a melhorar da organização: 

 

Uma das grandes vantagens de realizar um diagnóstico é identificar os pontos fortes e fracos do seu negócio. Isso permite com que você entenda melhor sua empresa e consiga criar vantagem competitiva em cima dos pontos fortes da sua organização e minimizar os impactos que os pontos fracos podem gerar nas oportunidades que mercado apresenta.

 

  • Ter uma visão do mercado e da concorrência: 

 

Como já falado anteriormente, conhecer a sua organização pode te ajudar a criar oportunidades de negócios e minimizar os impactos que podem surgir pelos pontos fracos. 

Da mesma forma, conhecer o mercado e sua concorrência, pode te ajudar a criar vantagem competitiva perante os seus concorrentes e aproveitar as oportunidades que o mercado tem para ofertar de forma inteligente e eficaz.

 

A importância de uma opinião externa nesse processo

 

Muitos gestores têm dificuldades em realizar o diagnóstico empresarial, devido ao investimento de tempo necessário. Esse processo pode acabar tomando muito tempo de toda a equipe, fazendo com que deixem um pouco de lado as questões do dia dia do negócio.

Por isso, o ideal é optar por terceirizar esse processo, contratando uma consultoria.

Com o diagnóstico sendo realizado por uma empresa especializada, é possível ter uma visão imparcial e clara sobre o que está acontecendo no seu negócio.

Quando estamos na correria do cotidiano podemos não perceber os problemas que podem estar bem claros na nossa frente, por isso que alguém com esse olhar de fora é importante, contribuindo para um diagnóstico mais preciso e gerando ideias para solucionar os problemas detectados.

Feito todo o diagnóstico empresarial, é preciso que você e a sua equipe estejam comprometidos a colocar a mão na massa para resolver os problemas, tendo a consciência dos pontos em que sua empresa precisa melhorar!

E aí, entendeu a importância de um diagnóstico feito por especialistas para te auxiliar a entender mais sobre o seu negócio e assim conseguir melhorar os resultados da sua empresa? Agende uma conversa com a gente e tire todas as suas dúvidas de como podemos ajudá-lo!